Análise do Comportamento da Força de Trabalho Ocupada nos Setores Econômicos nos Municípios de Sertãozinho/SP e Ribeirão Preto

Guilherme Andrade de Brito, Rosycler Cristina Simao

Resumo


O gestor de Recursos Humanos que sabe entender e interpretar indicadores do mercado de trabalho está mais capacitado para tomar as decisões estratégicas da área de gestão de pessoas da empresa na qual trabalha. Neste sentido, o presente trabalho objetiva apresentar as características da força de trabalho ocupada do município de Sertãozinho e compará-la em alguns indicadores com a força de trabalho do município de Ribeirão Preto, por meio das seguintes variáveis: sexo, idade, média de rendimento, quantidade de empregos formais, ocupação, nível de instrução, horas trabalhadas por semana. Por meio de uma análise de estatística descritiva foi traçado e discutido o perfil da força de trabalho ocupada dos municípios, considerando os vários setores econômicos: indústria; comércio; agricultura; serviços e construção civil, utilizando os microdados da Amostra do Censo Demográfico de 2010.


Palavras-chave


Mercado de trabalho, Força de trabalho, Gestão de pessoas

Texto completo:

PDF

Referências


CHIAVENATO, I. Planejamento, Recrutamento e Seleção De Pessoal. 7.ed rev. atual. Barueri, SP: Manole, 2009.

DESSLER, G. Administração de Recursos Humanos. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

FABER B., LARSON R. Estatística Aplicada. 4 ed. São Paulo, SP: Pearson, 2010.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA (IBGE). Classificação de Ocupações para Pesquisas Domiciliares – COD. In: 8º Fórum SIPD. Rio de Janeiro 09 de julho de 2010. http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/sipd/oitavo_forum/COD.pdf. Acesso em 18 de dezembro de 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010: notas metodológicas, 2012. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home. Acesso em 25 de novembro de 2014.

LACOMBE, F. J. M. Dicionário de Administração. São Paulo: Saraiva, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.