O mito de Narciso no poema “Imagem”, de Manuel Bandeira

Bruno Marques Duarte

Resumo


O texto estuda a presença do mito na sociedade, destacando, especialmente, o mito de Narciso e a sua recorrência no poema “Imagem”, de Manuel Bandeira.

Palavras-chave


Narciso; mito; poesia; Manuel Bandeira

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. A água e os sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.

______. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

DURAND, Gilbert. Campos do imaginário. Lisboa: Instituto Piaget, 1996.

PAZ, Octavio. O arco e a lira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

SCHÜLER, Donaldo. Narciso errante. Petrópolis: Vozes, 1994.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e sociedade na Grécia antiga. Rio de Janeiro: José Olympio, 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.